Serviços

Análise Preventiva de Cabos Elétricos Refrigerados à Água

Introdução

A W.Rady constantemente sempre buscou atender da melhor forma os seus Clientes demonstrando parceria comercial e suporte técnico com eles.
Através desta constante preocupação, oferece o serviço técnico de análise preventiva de cabos elétricos refrigerados a água com o objetivo de verificar o estado de desgaste dos cabos instalados em fornos EAF (arco voltáico) ou LF (panela), antes que o forno pare de funcionar fora da programação prevista.

Histórico

Históricamente se fazia somente análise visual observando-se o desgaste da mangueira, do tecido de proteção térmica e dos Bumper de para-choques (Essa análise era realizada pelos próprios técnicos da aciaria).

A avaliação do desgaste de secção transversal dos cabos era possível ser realizada com a medição da resistência elétrica em corrente contínua, porém este processo necessita que um dos lados de cada cabo seja desconectado o que demanda longo tempo de parada do forno e consumo de mão de obra.

Análise Preventiva

Diante da dificuldade do exposto acima, criou-se a avaliação indireta, a qual consiste em analisar a distribuição da corrente elétrica entre os cabos na mesma fase em relação à média no momento da leitura dos dados, considerando que a distribuição deve ser uniforme obtendo-se a seguinte análise:
Cabo com condução relativa acima de 110%, está com solicitação maior em relação à média e permanecendo nesta condição poderá ter sua vida útil diminuída. Não significa que existe uma sobrecarga no cabo com relação a sua capacidade nominal e sim com relação à média entre os cabos da mesma fase cujos dados foram colhidos simultaneamente;
Cabos com condução relativa à média entre 80% e 110% estão dentro da faixa considerado normal, isto é, estão dentro da faixa esperada (ideal);
Cabos com condução relativa à média entre 79% e 60% devem ser observados com maior frequência;

Cabos com condução relativa à média menor que 60 % devem ser substituídos na primeira oportunidade de parada programada;
Cabos que apresentarem condução relativa à média igual a 0% deverão ser substituídos o mais breve possível pois estão rompidos completamente.

Procedimento

Serão colocados sensores (toróides) em cada cabo para ser medida a corrente elétrica;
O forno deverá estar ligado para a leitura dos dados, entretanto será necessário desligá-lo para colocar e retirar os sensores, a instalação dos sensores deverá ser executada após o último carregamento do forno e retirados preferencialmente antes do vazamento da corrida;
O analisador (computador dedicado) irá coletar simultaneamente os valores de condução da corrente elétrica de cada cabo durante aproximadamente 30 segundos, preferencialmente durante o refino quando teremos a maior estabilidade da corrente elétrica;
Após a execução dos itens listados acima, os sensores serão removidos e estará terminada a coleta de dados;

Serão lidos 12 ou 6 cabos simultaneamente.